"O BOM DA PAIXÃO
É QUE É RENOVÁVEL"
.
*artesãdaspalavras*

"Aqui estão registrados meus melhores e meus piores momentos. Minhas mais lúcidas e mais loucas inspirações. Ao escrevê-las, percorri sentidos e emoções.Tentei descrever com palavras os sentimentos mais contraditórios.
Se consegui? Não sei.
Mas valeu a tentativa."
.
IzilGallu

21 de setembro de 2007

PERDIDA


Quando pensei que havia me achado,
descobri-me perdida
Quando quis voar,
descobri-me engaiolada
Quando quis provar a liberdade,
descobri-me escrava
Quando quis ver o mundo,
descobri-me cega
Quando quis ouvir os sons,
descobri-me surda
Quando quis conhecer os homens,
descobri-me ignorante
Quando quis viver
Era tarde
DESCOBRI-ME MORTA
.
izilgallu

6 comentários:

Antonio... disse...

Vc morta?....nunca! ainda ha tempo....

starxandra disse...

Estamos sempre a tempo de voltarmos a viver!

Kiss!

marcelino disse...

Morta tu ?nunca querida





BEIJOS JOÃO

Antonio... disse...

Adoro pl�gio!!!!!

The PoetHeart disse...

boas...

Gostei do poema...

Mas nunca sentimos o que nos rodea como queremos!
Nunca conhecemos os outros como queremos!
Apenas podemos ser nós mesmos, como queremos!

Que se lixe o que os outros pensam, o que interessa é viver, viver intensamente todos momentos como se fossem ultimos e unicos como verdadeiramente são!

bjs

joão jacinto & poemas disse...

Nunca é tarde para renascer!

Grato pela sua visita e parabéns pelo seu blog, poeta!

Abraços poema,

joão jacinto