"O BOM DA PAIXÃO
É QUE É RENOVÁVEL"
.
*artesãdaspalavras*

"Aqui estão registrados meus melhores e meus piores momentos. Minhas mais lúcidas e mais loucas inspirações. Ao escrevê-las, percorri sentidos e emoções.Tentei descrever com palavras os sentimentos mais contraditórios.
Se consegui? Não sei.
Mas valeu a tentativa."
.
IzilGallu

22 de julho de 2011

A DOR


Aos amigos que me seguem e deixam aqui

mensagens, quero agradecer o carinho e dizer que tão

logo eu consigo me separar da Fibromialgia que esta me

impossibilitando de até mesmo pensar, irei retornar

e a todos visitarei, desculpem-me sim mas a dor é mais

forte que a vontade.

.
izilgallu

20 comentários:

O PODER DA VOZ disse...

Não precisa se desculpar!

Jaque*Sampaio disse...

Cuida-se e Volta-ti com as palavras de vitória.beijos *-*

Letícia disse...

Estava procurando um Blog com poemas e tal , e acabei achando o seu :)
Tenho o visitado quase todos os dias , ontem passei a madrugada lendo os seus poemas , São lindos .. Parabéns!
Vc tem algm outro endereço ( Face ,e-mail) que possa passar ?
Bem , melhoras .. e que vc retorne cm suas palavras logo ! :*

Sue disse...

Saudade...

Arigi Kuwanna disse...

Olá querida,
desculpar-se pelo o que?
Bem conheço essa doença, minha mãe também tem, descanse, recupere-se com calma, sem pressa, a única coisa que desejo é que voltes bem e recuperada.
Bjos se cuida e até teu regresso.

Sabor de Pitanga disse...

Olá! Entrei no seu blog para conhecer melhor e, deparei-me com algo que nos torna "em comum": também sofro dessa bendita doenca!!!

Seu blog está simplesmente lindo. parabens.

Estou seguindo você.
Abracos e melhoras.

Luiz Fernando Trevizan Pereira disse...

Parabéns pelo blog, é lindo!

Luiz Fernando Trevizan Pereira disse...

Parabéns pelo blog, é lindo!

Nassih Sari disse...

Sua palavras tocaram me, espero que logo passe sua dor. Força.

Néia disse...

Oi querida Izil...
Quantas saudades de vc... Estou passando para pedir desculpas por ter sumido sem explicações. Passei por um contratempo muito chato que me resultou em um stress muito sério seguido de um coma diabético com perda parcial da visão. Ou seja, fui obrigado a me desligar de tudo para tentar recolher os cacos. Não tinha vontade de nada, foram dias difíceis.Ontem pela primeira vez voltei ao blog e não imaginava o quanto era difícil esta volta. Mas temos que continuar, não há possibilidade nenhuma de parar. Espero que vc melhore e eu te entendo perfeitamente. Beijos no teu coração.

Cliceli A. Kovalski disse...

ola
estou explorando
e divulgando meu blog
adorei o seu
voltarei mais vezes
quando quiser me visita
sera bem vinda
http://pedagogacliceli.blogspot.com/
abraçs

John Lennon da Silva disse...

(Parabéns pelas suas linhas).
Sofrer com tal dor crônica que atinge 2% da população, oito mulheres para cada homem, deve ser simplesmente terrível.
Desejo melhoras para ti, Grande Poetisa!

john

joao disse...

minha querida , que saudade não te sabia doente
imagina depois de tamto tempo ainda não me esqueci de ti
n
ao te sabia doente fiquei triste por isso
espero e aguardo tuas melhoras
beijos com muito carinho

joão

Daniel Vinhas disse...

Quem este é a denominar-se poeta?
Qual objetivo ou meta
que, malmente num verso
impreciso e imperfeito,
a semear palavras a eito,
lavrador quixote de áridas almas?


Sou Poeta da Água Doce
em terras secas sem compaixão.
Hei de irrigar, com amor e emoção,
abrir lavras em chão de cruezas
para que a dúvida areje
os corações de durezas
onde o orgulho rege.


Minha sina é com versos semear
mas que fujam a lembrança,
pois a semente no esquecimento
germina como criança
e minhas palavras sem lamento
ao tocar com sentimento
serão assim esquecidas
esperando um dia germinar.

http://poesias-cronicas.blogspot.com/2011/09/poeta-da-agua-doce.html

Eduardo Shelldown disse...

Olá, Gostei Muito Do Seu blogger, Parabéns!

Se poder dar uma visitinha no Meu, agradeço desde já.

http://pensadoreduardos.blogspot.com/

Fàbio Baptista disse...

"Que a vontade de viver seja maior que a dor e se houver dor que tenha o alento, pode ser de um amigo presente ou de um sopro de vento. Mas se ainda assim houver dor... que ela se dilua na vida aos poucos, então te peço meu amigo, um favor... lembra- te que na vida a maior de todas é a perda de um grande amor."

By: Fábio Baptista

Umas palavras para algém que leva tantas palavras lindas a tanta gente, beijo e melhoras.

Tânia disse...

Olá! Estou torcendo por vc e que volte logo, pois seus poemas são lindos e refletem sua alma...

Melhoras
Deus a abençoe

Sara da Costa Oliveira disse...

Faca acupunctura, tui na, tai ji. Ajuda muito. palavrasdesodoma.blogspot.pt

abraco de portugal, sara

Tânia Azevedo disse...

Espero que já tenha se recuperado. Pois vc faz falta nesse espaço virtual. Deus a abençoe hj e sempre!!!
Bjos carinhosos no ♥

Profª Lourdes disse...

Olá ! Boa tarde! Navegando cheguei ao seu blog e amei suas postagens. Já estou seguindo e te convido a conhecer os meus, se gostar siga, ficarei grata. Abraços, uma abençoada tarde de Domingo,
http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/
http://professoralourdesduarte.blogspot.com.br/