"O BOM DA PAIXÃO
É QUE É RENOVÁVEL"
.
*artesãdaspalavras*

"Aqui estão registrados meus melhores e meus piores momentos. Minhas mais lúcidas e mais loucas inspirações. Ao escrevê-las, percorri sentidos e emoções.Tentei descrever com palavras os sentimentos mais contraditórios.
Se consegui? Não sei.
Mas valeu a tentativa."
.
IzilGallu

17 de dezembro de 2010

RETALHADA



Sinto-me em cacos,

retalhada, despedaçada

Não tenho mais sombra,

não sou mais ninguém

Meus sonhos se foram

minha poesia acabou

Sou certa, mas estou

errada

Tenho visão, mas nada

enxergo

Tenho coração, mas

não amo

Tenho mãos que

nada afagam

Tenho lábios que

não sabem mais

sorrir

Sou triste

Sou só

.

izilgallu

6 comentários:

Blog da Fofa disse...

Ah Izil. Acho que a solidão é o mal do ser humano. Quem não deseja gritar, ser notado, ter um carinho mum abraço? Lindo poema. Facinho de se encaixar nele. Bjos minha amiga

Mih_ disse...

Bom diaaa!
Palavras que disseram tudo, e que tocaram o coração!
Lindo post, adorei!

♥´¯`*•.¸¸♥ Umm superrr beijoooo...
...um ótimo final de semana!
Fica com DEUS...

♥_________Mih_ ઇઉ

http://trevisanimichelle.blogspot.com/

Morte Filosófica disse...

Belíssimo!
Deixo o convite a conhecer minha página:
http://mortefilosofica.blogspot.com/
Se interessar, dá uma passada por lá.

"Muitos acham beleza na rosa, eu me limito aos espinhos." (Carolline P.F. Santos)

Néia disse...

Oi querida Izil...

Como sempre suas palavras tem força, personalidade e contam mesmo sem querer uma história.Acho que nesse mundo atual,quem não se sente ou ja se sentiu assim, inerte e sem forças para reagir a tudo que mesmo sem querer acabamos passando.
Obrigada por sua visita e embora eu não tenha deixado nenhum recado, ja visitei todos os seus outros espaços, lindos como este. Aliás parabéns pela arte com velas, achei todas maravilhosas. Sou suspeita, pois amo um clima exótico com velas e tudo mais.
Beijos e bom final de semana.

Cintia Tavares disse...

Sabes que eu até gosto de estar sozinha? Acho que sou um ser estranho no meio do mundo. Mais sempre fui assim, pelos cantos, só observando.
E acho melhor assim, pelo menos não sofro. :)
Amei teu modo de escrever... Simplesmente lindo. Fica com Deus, tô seguindo.

Susana disse...

Uma escrita muito simples e verdadeira, que só poderia resultar num excelente poema!
Parabéns. Vou continuar a visitar e a seguir este blogue.
SusanaSousa
http://arte-poetica-ss.blogspot.com